Carregando Post...

Seu software de Engenharia Clínica ainda não utiliza IA? Entenda porque isso pode ser um problema de custo para o hospital!

O ambiente de um hospital é bastante complexo e com diferentes profissionais envolvidos, além de protocolos, sistemas e máquinas. Coordenar tudo isso através de um software de Engenharia Clínica pode ser a diferença entre alto lucro ou alto custo.

Afinal, o hospital não vive sem tecnologia, mas não é possível haver tecnologia sem gestão de engenharia clínica. E o controle técnico da tecnologia está pronto para o próximo passo na saúde 4.0: a IA aplicada a engenharia clínica.

Como implantar a tecnologia IA na gestão hospitalar? Há uma resposta para isso. E você pode conferir ela continuando com a leitura do artigo!

O que é o software de engenharia clínica?

“O engenheiro clínico assume um papel vital no hospital: é ele quem gere o ‘ciclo de vida’ da tecnologia e equipamentos hospitalares.

Antes de tudo, o que é engenharia clínica? Basicamente, é o gerenciamento das tecnologias de saúde dentro do hospital, desde o recebimento e manutenção até testes de uso e treinamento de equipe.

Além disso, um engenheiro clínico usa desse papel para implantar melhorias na instituição de saúde e, principalmente, nos cuidados com o paciente. Para realizar essa função, ele conta com uma ferramenta essencial: o software de engenharia clínica.

Um software de engenharia clínica se trata de um sistema com capacidade para planejar, organizar e gerenciar um conjunto de recursos. Basicamente, ele engloba diversas funções que antes seriam feitas manualmente pelo engenheiro.

  •    Programação de manutenções corretivas e preventivas;
  •    Capacitação de funcionários;
  •    Controle tecnológico.

Além de englobar essas e outras funções, o software é capaz de otimizar esses processos, principalmente quando combinado com Inteligência Artificial!

O que é Inteligência Artificial?

Inteligência Artificial se trata da capacidade das máquinas pensarem como seres humanos, sendo capazes de aprender, perceber e raciocinar. Basicamente, a máquina absorve, analisa e organiza dados de forma que entenda e identifique padrões.

Um dos pilares que permite essa atuação da máquina é a Internet das Coisas (IoT). O IoT se trata de qualquer objeto com sensores e outros sistemas digitais que o tornem mais inteligente.

Esse “aprendizado” da máquina ocorre por meio da troca de informações desse objeto com outros objetos e pessoas, utilizando de radiofrequência, WiFi, Ethernet, Bluetooth, etc. Com isso, a máquina aprende padrões e retorna ao usuário insights personalizados.

Dessa forma, o IoT é a base da indústria 4.0 e da saúde 4.0, sendo o que possibilita a IA aplicada a engenharia clínica!

A engenharia clínica como estratégia na gestão hospitalar: o “Hospital Conectado”

E o que ocorre ao combinar software de engenharia clínica com tecnologia IA? O Hospital Conectado. Esse termo se trata de um hospital com ambientes, equipamentos e dispositivos integrados por uma única rede.

Isso providencia uma série de funções antes feitas manualmente, como monitoramento, controle e registro de informações. Dessa forma, aprimora o trabalho da gestão de engenharia clínica, além de facilitar a vida do médico e, claro, do paciente.

Afinal, os dados agora são mais rapidamente transformados em informação, que logo é compartilhada, analisada e absorvida. Com isso, é possível produzir soluções mais velozes e eficientes para problemas no hospital.

Contudo, para isso, requer que o software de engenharia clínica aborde os seguintes pontos.

Inventário de Equipamentos

É importante haver um inventário informatizado, com códigos de identificação únicos para cada equipamento no hospital. Da mesma forma, deve haver informações de rastreio únicas também.

Plano de manutenções

Através do uso de tecnologia IA, o sistema também deve produzir um plano de manutenções programadas para os equipamentos. Por meio do registro deles, é possível realizar até manutenções preditivas.

E o que seriam elas? Se tratam de manutenções realizadas antes do equipamento exibir problemas. Elas ocorrem através de identificações de possíveis falhas no equipamento, realizadas pelo próprio software!

Indicadores de gestão

É essencial que o software de engenharia clínica forneça indicadores relevantes para a gestão de engenharia clínica. Alguns deles são:

  •    Custo de Equipamento Parado;
  •    Custo de Manutenção x Valor do Equipamento;
  •   Tempo Médio de Retorno;
  •    Custo Diário de um leito parado.

Quais são os benefícios da IA?

A Inteligência Artificial existe para facilitar os processos de um hospital, principalmente quando combinada com o software de engenharia clínica. Os benefícios disso são:

Software de engenharia mais eficaz

O principal benefício é o aprimoramento do software de engenharia clínica, que pode armazenar histórico de pacientes e equipamentos. Com isso, é capaz de fornecer informações relevantes ao hospital, como prontuários eletrônicos!

Procura inteligente de sintomas e produção de diagnósticos mais precisos

Se o paciente já apresenta um histórico no hospital, é mais fácil de ocorrer a busca por doenças de acordo com o histórico. Dessa forma, se evita perda de tempo e erros médicos e se possibilita a produção de diagnósticos mais precisos.

Geração de notificações instantâneas

Através do software com IA, é possível a notificação imediata do estado de saúde de um paciente ao corpo médico do hospital. Dessa forma, há um atendimento mais ágil em emergências!

Base de dados maior

Por meio do Big Data, é possível acumular o máximo de informações relevantes possíveis no banco de dados do hospital. No entanto, é importante haver boa administração e uso desses dados – algo que se pode ter com o Sistema Genesis 4.0!

Como o Sistema Genesis pode ajudar nos processos do seu hospital?

O Sistema Genesis 4.0 se trata de uma inovação disruptiva que atende à Engenharia Clínica e outras funções como: assistência técnica, manutenção predial, fabricantes de equipamentos e manutenção industrial.

Para maximizar a eficiência da gestão de engenharia clínica, conta com:

  •    Soluções de Engenharia de Dados;
  •    Uso de Analytics;
  •    Implementação de Inteligência Artificial;
  •    Aplicação da Internet das Coisas (IoT).

Com isso, é capaz de reduzir os custos envolvidos nos processos tecnológicos de um hospital e de aumentar a produtividade dos seus funcionários. Afinal, processos antes feitos manualmente serão agora realizados automaticamente.

Sistema Genesis conta com excelente Inteligência Artificial

Nosso sistema apresenta grande capacidade de aprender, raciocinar, perceber, deliberar e decidir de maneira racional. Com isso, possibilita uma engenharia clínica inovadora e disruptiva, pronta para a saúde 4.0.

Fornece dashboard preditivo

O Sistema Genesis conta com uma descoberta inteligente de dados, análise preditiva automatizada e capacidade cognitiva que permite interação direta com os dados!

Traz Assistência Técnica

É muito mais caro realizar uma manutenção corretiva. Por isso, o Genesis permite a realização de manutenções preventivas de alto nível através do celular, sem presença de papéis!

Com quem contar na gestão de engenharia clínica?

Para uma gestão hospitalar eficiente, é necessário agilizar e otimizar os processos feitos no hospital. Isso é possível através de três fatores:

  •    Um bom Sistema de Calibração RBC Cognitivo;
  •    Um bom Sistema de Engenharia Hospitalar Cognitivo;
  •    Um bom Monitoramento Hospitalar Cognitivo.

Todas essas utilizações de IA estão presentes em nosso software de engenharia clínica. Então, que tal testar solicitar agora uma demonstração gratuita do Sistema Genesis? Confira a diferença que ele pode trazer ao seu hospital!

Comentários

Deixe um Comentário


Onde estamos ? clique no mapaFechar Mapa

Entre em Contato

solicite uma demonstração sem compromisso

Telefone

(19) 8311-8453

(19) 983118453 (WhatsApp)

Email

Comercial@genesisz.net

Localização

Rua Doutor Armando Sales de Oliveira numero 551 Taquaral Campinas SP CEP 13076015